Ex-Futuro Projetista da Boeing

Quando se trabalha com GENTE, sabe-se que a melhor resposta sempre vem do cliente. Sim, resposta, pois pergunta sempre são lidas, mas as respostas nunca são REvistas, e “boom”, lá vem a resposta do cliente.

Clientes fiéis hoje em dia são espécimes raras, ou não se dizer, extintas. As empresas lutam todos os dias para tentar manter seu clientes fiéis ao produto. E dá-lhe anúncios, eventos, promoções, vantagens e mais vantagens que façam o cliente escolher aquele “x” produto.

Trabalhar com público adulto é bem complicado, pois ele pode mudar de opinião sobre alguma marca apenas lendo em jornais, ouvindo amigos ou mesmo para experimentar uma nova experiência. Já as crianças, essas sim, podemos dizer que são clientes fiéis. Provou. Gostou. Ficou. Será?

Uma empresa aérea é prova de que isso não é mais tão verdade. O pequeno cliente pode sim mudar de opinião, ainda mais se esse garoto tiver um pai que sabe como mostrar que ela (a empresa) está completamente errada no tratamento do futuro consumidor.

“Apaixonado por aviões, um menino norte-americano de 8 anos decidiu enviar um desenho para a Boeing como sugestão de novo modelo de aeronave.” (BlueBus)

A resposta? Essa aqui: “Como muitas empresas de grande porte, não aceitamos ideias não solicitadas. A experiência mostrou que a maioria das ideias já foi considerada por nossos engenheiros e podem ocorrer consequências imprevistas ao simplesmente aceitar essas sugestões”.

A resposta do pai? – o “boom” que eu comentei lá no início: Publicitário, CEO de uma agência de publicidade, divulgou a história do filho em seu blog e no Twitter, juntamente com o desenho.

A Boeing, uma das maiores empresas de aeronaves do mundo (se não a maior – me faltam dados) disse ao pai que irá encontrar uma forma mais adequada de lidar com mensagens enviadas por crianças.

Peraí! Forma mais adequada?!? Tem certeza de que existe alguma forma mais adequada pra tal resposta? Com certeza a veiculação da mensagem do pai já fez com que a Boieng tomasse alguma providência quanto ao funcionário que foi autor dessa cartinha remetida ao garoto.

A consequência? Com certeza a desvalorização da Boeing junto a seus representantes quanto ao tratamento que a empresa exerce sobre a carta de uma criança. Outro fato será a credibilidade que a empresa passa para seus clientes. Bom? Ruim? Regular? Péssimo? Se não respeita uma criança, que dirá à um adulto.

Mas a melhor de todas as respostas é que eles perderam um futuro projetista, que após formado trabalhará na concorrente: AirBus.

O desenho do menino de 8 anos.O desenho do garoto de 8 anos!!! (ele queria ir pro Alaska!!!)

Fonte: BlueBus

Anúncios

2 comentários em “Ex-Futuro Projetista da Boeing

  1. Os clientes procuram apenas respostas para seus problemas. Infelizmente a Boeing não ficou atenta a carta do cliente e o respondeu de maneira muito burocrática.
    Perdeu um pouco da credibilidade, pois essa história tá rodando o mundo. Se for inteligente chama o pai e o menino para fábrica, pra depois o pai fazer um mega post contanto os detalhes dessa incrivel aventura hehehe 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s