Corrida: certeza que escolhi o esporte certo.

Fiquei de postar aqui as novidades pra vocês, né?
Então vamos à elas.
Hoje vou falar da minha corrida emocionante que rolou no final de semana retrasado: Circuito Athenas SP. Essa foi a segunda etapa da corrida. A primeira eu não participei porque fui correr a Bertioga-Maresias (quem leu, lembra que fui convidada por uma amiga em cima da hora, e simplismente amei… bla bla bla – quem quiser ler, tá aqui) 😉
Então, a Circuito Athenas, pra quem não conhece, é uma prova progressiva. Em cada etapa as distâncias vão aumentando. Você tem 3 opções de distâncias. É bem legal!! Eu corri 8K. Até porque ainda não estou preparada pra 16K (mas até o final do ano quero estar) 😉
Cheguei bem cedo lá. A prova começa às 7h da matina. Temos que madrugar mesmo. O tempo não estava frio ainda – graças ao bom Deus – e pude ir de bermuda e sem casaco pra concentração. Pra variar, não consegui encontrar as meninas na largada. Durante a espera (atrasaram em uns 10 minutos), pude observar que ao meu lado tinha um cachorro muito fofo da raça Pointer que ia correr com seu dono 16K. Pude observar o dono, e corredor, se aquecendo, se alongando, e o amigo e companheiro fazia o mesmo.

Photo 21-07-13 06 59 29
De morrer de amor, né?!?

Depois comecei a olhar pra traz, observar a galera do fundão e 2 meninas em especial me chamaram atenção. Elas eram cadeirantes e estavam ali pra disputar os 16K (seriam empurradas por corredores). Superação é o nome disso. (só de escrever e lembrar já me arrepiei). Mas o melhor ainda está por vir.

superação-derepenteatletaLargamos tranquilamente, sem chuva, e com uma brisa gostosa. E lá fui eu, correndo como se não houvesse amanhã (me empolgo na largada – preciso começar a me concentrar pra maneirar e não perder o ritmo depois). Não deu nem 1K de corrida e chuva já veio nos abençoar. Fraquinha, depois mais forte. Eu estava de óculos e tive que tirar porque chegou uma hora que eu não enxergava mais nada na frente. No 3 pro 4 km ouvi umas pessoas pedindo passagem para as cadeirantes (e eu já me arrepiei de novo). Dei passagem e corremos lado a lado por uns 500 metros. Uma das cadeirantes começou a fazer “joia” pra mim. Eu comecei a bater palma, incentivando ela na corrida. E ela, super empolgada, continuou mexendo as mãos como se estivesse me dando tchau e batendo palmas. E nessa hora me deu uma vontade enorme de chorar de felicidade, de acreditar que a vida vale a pena, de acreditar que escolhi o esporte certo pra superar todos os meus limites. Aquela corrida valeu cada centavo gasto, só pra estar ali, ao lado dela, me dando força pra não desistir. Fiz a curva no 4K e ela continuou em frente. Logo em seguida avistei a Rosy, que não demorou a me ultrapassar. rsss Estava correndo da chuva pra não ficar gripada de novo.

Photo 21-07-13 09 38 05Terminei a prova em 52m36s – muito bom pra quem anda treinando muito pouco. Rssss

No final, tiramos fotinhos e a Rosy comprou 2 tênis da Saucony, patrocinadora da prova.
Resumo geral: essa prova já tem um formato pronto, não tendo muitos problemas na retirada do kit, no percurso e nas tendas. Tudo sempre super tranquilo – tirando, lógico, o trânsito. Mas isso não tem jeito. Muita gente aglomerada no mesmo lugar, dá nisso.
E vamos que vamos, porque tem muita coisa por vir.
Essa semana mesmo já vou contar algumas coisas bacanudas que tá rolando no mundo da corrida. =D

Anúncios

4 comentários em “Corrida: certeza que escolhi o esporte certo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s