Preparação pros 21K

Porque quem corre 10K, corre 21K. É assim que a gente ouve. E é uma verdade. Corre mesmo. Só o que não me contaram é que você precisa estar preparada mais que psicológicamente… Você precisa estar preparada físicamente – e aí entra os nutrientes necessários para terminar inteira os 21K. E eu aprendi isso sozinha… ou melhor, com a Jú.

Meus treinos para os 21K já começaram há algumas semanas, e vou te contar que tem dias que eu quero jacar mesmo. (e as vezes faço). Sei que é errado, é verdade, mas acompanhar a planilha de treino da Nike+ é pra matar papai. Oh coisinha pesada. Você corre praticamente todos os dias. Eu ainda não tô pra isso não. Ainda….

Nesse carnaval desci com a Jú pra Barra do Una. Resolvemos fazer nosso longão pelas praias. Além de ser um lugar novo, ainda seria um Ecotreino. 😉

Photo 02-03-14 11 11 36Praia da Baleia – SP

Lá fomos nós pra Praia da Baleia dar início ao nosso treino. Estacionei o carro bem no final da praia pra pegarmos todo o trecho da Baleia. Pelo percurso que eu tinha visto na internet, iríamos correr da Baleia, passando por Cambury, até Boiçucanga e faríamos esse mesmo trecho de volta. Sabia que teríamos uma boa subida no meio do caminho, mas nem falei nada pra Ju não desanimar (sabia que ela iria da mesma forma) rssss

Photo 02-03-14 13 41 40#partiu longão!

Pegamos nossa garrafinha d’água, ligamos o Garmin e partimos.
A Jú me acompanhou todo o tempo, correndo no meu pace. Como sabíamos que o longão seria puxado pras duas, nem pensamos em correr muito rápido. ok. Baleia DONE. Mas aí veio a primeira surpresa: subiiiiiiiidaaaaa. Não lembrava que para cruzar da Baleia pra Cambury tinha um morro. Pois é, mas tinha e ele estava ali. Nem 3K de corrida e já estavamos no uphill do percurso. Bom, mas ainda bem que tudo que sobe, desce. Ladeira pra que te quero, chegamos em Cambury. Ali o calor já começou a aparecer. Iniciamos a corrida um pouco tarde (8:30h), por isso já sentíamos o sol botando as raios de fora.

Nesse trecho, meus batimentos já estavam altos e falei pra Ju continuar no rítmo dela e não se preocupar comigo. Eu ia chegar!! Ela foi. Corri bem tranquilamente pelas ruas de Cambury, bebendo bastante água. E então, após quase 5K, chegou o trecho que eu queria chorar: a Serra de Cambury-Boiçucanga. Mas não tem choraminguela. Bora lá, caminhar mesmo, mas enfrentar a ladeira. A vista era tão linda que não tinha como não tirar foto. Continuamos a caminhada/trote e enfim, avistamos Boiçucanga. Ladeira pra que te quero mais uma vez.

Photo 02-03-14 13 41 36No meio da ladeira (o sorriso era só pra foto) hahahahaha

Chegando em Boiçucanga eu estava BEM CANSADA e desidratada. Só tinha levado um gel e estava guardando para a volta. Ali tinhamos corrido 6K, mas pra mim já pareciam 10K. Muita montanha. rssss A Jú estava sempre alguns metros à frente. Ohhh mulher resistente. Quando cheguei no 7K eu precisava muito de água, água gelada. Beber beber e beber. Parei num boteco e pedi a água mais gelada que tivesse. Nesse momento perdi a Ju de vista. Alguns minutos depois ela me liga e avisa que estava voltando. Dei meio volta por lá mesmo e voltei também. Alcancei ela e voltamos pra Cambury.

E lá estava ela mais uma vez: a Serra. Perna pra que te quero. Nunca reparei que essa serra era tão íngrime. Gzuis Maria José. Me ajuda!! hahahahahaha

Chegando em Cambury tínhamos completado 9K. Olhei para a praia e gritei: “Aeeeeee!! Estamos em Cambury!!” Não sei, mas senti um alívio, uma sensação de já estar perto, voltando, chegando… Milhões de coisas passaram pela minha cabeça. Só sei que foi ótimo, incrível, uma sensação de alívio.

Lá se foi a Jú de novo. Tomei meu gel e a água acabou. Resolvi parar em outra lojinha pra comprar mais água e avistei um Red Bull gritando, implorando para ser consumido. Não pensei duas vezes. Foi a melhor coisa que fiz. Cafeína, essas horas, era o que meu corpo precisava para voltar a correr. Bebi devagar para ter líquido até o fim da corrida. Mais uma montanha para atravessar e lá estava eu na praia da Baleia.

A essa altura do treino o calor já estava de matar. Todas as poças que tínhamos desviado no início do treino já estavam praticamente secas. Eram quase 10hs da matina. Continuei num ritmo bem tranquilo, procurando uma entrada para correr pela praia. Só que de repente, senti umas gotas no meu corpo. Parei de correr e pensei: Chuva? Não. Regador de plantas. Aqueles que giram e jogam aguinha pelo jardim inteiro. Que delíciaaaaaaaaaa!! Olhei pra cima, e eles ali, no muro, jogando muitaaaaa água. Fiquei parada pelo menos 1 minuto, só me refrescando. Obrigaaaaaada Senhor!! o/

Achei a entrada da praia e fui direto pra areia. Adoro correr na areia. A praia já estava ficando bem cheia. Todo mundo lá de bikini, sentados na cadeira, tomando suas cervejinhas e eu me matando nos 13K que tinha corrido até então. Cadê o fim?!? kkkkkk

Não via mais a Ju. Sabia que ela estava finalizando o treino dela logo menos e íamos nos encontrar no carro. Mais alguns minutos e por fim, voltei pra rua para encontra-la. FIM. 15K pra conta. Meus primeiros 15K. Emocionante, dolorido, bonito por natureza!!
Foram 02h9m – Eu estava correndo (e caminhando) sem parar por mais de 2hs. (ou seja, minha meta de 3hs para os 21K serão cumpridas 😉 )

Arranquei o tênis, parei todos os apps e sentei no chão.
Felicidade Defini!!!
Obrigada. Eu terminei!! o/

Photo 02-03-14 10 49 10Morta sem farofa!!

Tomei meu Whey como se não houvesse amanhã. Estava morrendo de fome e precisava repor meus nutrientes.
Depois que nos recuperamos só queria saber de água, de mar e agradecer mais uma vez!!
Fomos direto pro mar. De roupa e tudo.

Photo 07-03-14 16 33 40Alma lavada!

Queria fazer um comentário legal: o que encontramos de corredores pelo meio do caminho… foi o máximo!! Tinha de tudo: de adolescente à velhinhos, passando pelos sarados, pelas mulheres com seus cachorros e chegando na gente como a gente. O mais legal é que todo mundo se cumprimenta, dá força na estrada… é bem diferente da cidade mesmo. Curti muitooooo!!! 😀

Agora, depois de ter passado por essa correria toda percebi que só um gelzinho não vai me compor durante todos os 21K. E como acompanho muitos corredores por todo mundo virtual, já sei exatamente o que levar para comer durante a prova: gel, castanhas, e beber todos os Gatorades e águas possíveis. 🙂

Esse treino de 15K não foi só um longão simples de 15K. Foi um longão com subíííííídas, descidas, asfalto, areia, pedras, lama e buracos. Não era uma reta só, era uma trilha mesmo. 15K de adrenalina pura!!

15kO percuso: elevação de quase 100m no ponto mais alto da Serra!!

Anúncios

10 comentários em “Preparação pros 21K

  1. Amigaaaaaaaa!
    Vamos conseguir! Ta chegando a hora, e treinar com vc me deu o incentivo que precisava 🙂 rumo aos 17k dessa semana (ou não! Kkkkk) mas com certeza 19k na semana que vem né??
    Bjuuus

  2. Carol,
    Muito legal ter feito o treino de 15km e principalmente ter se divertido com ele. Um treino com subidas costuma ser duro!
    Sobre sua meta de 3h, acho que vc está se subestimando demais, mas é vc que se conhece…
    Sobre os géis durante a prova, o que costumava fazer numa meia era tomar um a cada 5km +/- e, às vezes, um na largada: Largada, 5km, 10km, 15km (é, não tomava no km 20).Depois passei a tomar um na largada, um no 7,5 e outro no 15… Mas já corri até tomando um só no 10!!!
    Vai experimentando que uma hora vc “encaixa”. Neste ponto, acho melhor exagerar…
    Abraço e bons treinos,
    Armando – http://atriathlon.wordpress.com/

    1. Que bacana Armando!!
      Valeu mto pela dica! Vou tomar dessa forma de 5 em 5 pra ver como rola!! Tbm acho q pros 21K vou comprar o GU q tem cafeína e dá uma acelerada!!
      Minha meta de 3hs é pra não me frustrar mesmo!! Se eu fizer melhor, será mérito!! Penso assim pra acreditar sempre!! Tenho só um mês né?!? rsss =)

  3. Legal, Carol!
    #tamo junto!
    Vou correr minha primeira meia em agosto, apenas… por hora meus treinos são ainda pra baixar velocidade nos 10K. Apenas fim de maio devo começar a aumentar o volume dos treinos, mas é legal ver seus progressos pra me inspirar desde já!

  4. Parabens pra vcs 2! A Ju é minha diva inspiradora, acho que ela é a melhor palavra pra descrever “Superacao”. Mesmo depois de tudo que ela passou, ela ainda tem esse sorriso lindo, essas covinhas lindas, e dando exemplo pra mta gente! Vc nao tem MELHOR companhia! #vamosjuntas, beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s